Toda semana, um novo conteúdo de
vendas no seu email


Como se diferenciar e atrair clientes: 5 dicas práticas

Quando realizava consultorias de Marketing Digital, percebi um desafio unânime entre as empresas que conversava: é preciso atrair clientes ou atrair mais clientes.

Acontece que, na era da tecnologia essa atração passa muito pelo mundo digital e pouco pelo offline. E por isso, e também por pertencer a esse mundo, vou aqui lhes falar apenas sobre o digital, ok?

Seu site, sua casa

Antes de dar dicas práticas, quero voltar à ideia do site de uma empresa e a sua relação com a atração de clientes.

O que aprendi na prática é: seu site é sua “casa” e as redes sociais são suas “casas de praia”. Não vamos abrir mão de nossa casa, por mais que durante um certo período possamos dedicar energia e trabalho a casas de praia. O mesmo acontece quando falamos de atração de clientes.

Quer um exemplo claro? Vamos lá!

Imagine se você inclui todo o conteúdo que tem no Facebook, e os algoritmos mudam da noite pro dia, fazendo você perder relevância. Algo parecido realmente aconteceu com a chegada do Facebook Ads, e se você viveu isso, com certeza irá lembrar. Pelo contrário, o seu site, quando bem trabalhado irá gerar regras próprias, e se você continuar pagando o domínio e um servidor, estará sempre lá!

Entendendo a importância de um bom site para a atração de clientes, vamos agora a pontos práticos.

atrair clientes

1. Crie personas para seu negócio

Antes de começar a criar conteúdo na internet, entenda para quem estará endereçado. Isso muda tudo! Ou seja, se minha persona – meu público alvo humanizado e personificado – é de uma adolescente de 15 anos, vou escrever de uma maneira. Por outro lado, se estou falando de uma senhora de 60 anos, de outra maneira. As coisas mudam muito!

Para explicar melhor, uma persona é uma representação semi-ficcional do seu cliente ideal, baseada em pesquisa de marketing e/ou dados dos seus clientes existentes atualmente. Mas não pese tanto a decisão por construir personas, não.

Existem ótimas ferramentas de criação de personas pelo Google que podem te ajudar a entender como atrair clientes de forma mais certeira!

Dica do autor: tire um tempo para isto e não faça com pressa.  Apesar do auxílio de ferramentas, um bom quadro branco e um pincel atômico fazem muito sentido nesse momento. E é melhor dedicar um tempo extra para isto, do que fazer na pressa e botar toda a estratégia em xeque.

2. Mapeie as principais palavras-chave

Recentemente li um livro muito interessante: Todo Mundo Mente: O que a internet e os dados dizem sobre quem realmente somos.

O autor, Seth Stephens-Davidowitz, traz de forma ousada e divertida a questão dos dados na internet. Principalmente, ele foca na forma com que eles influenciam como uma pessoa realmente sente, pensa ou age.

E o mais interessante é que ele usa boa parte da obra baseada no Google Trends, uma ferramenta gratuita do Google baseada em buscas de palavras-chave. Isso dá uma pista da gigantesca importância de palavras-chave para atrair clientes.

Mas o que são palavras-chave, afinal? São as palavras ou termos que utilizamos para realizar buscas, especialmente no Google. Lembrando que, no Brasil, o Google é o buscador mais utilizado, dominando o mercado.

Quando você otimiza suas páginas do site, ou cria um novo conteúdo (para um blog, por exemplo), você torna seu site mais visível. Mas visível para quem? Para as pessoas que estão digitando essa palavra-chave em um mecanismo de pesquisa, como o Google. Chamamos de SEOSearch Enginee Optimization, ou Otimização para Motores de Busca. Assim, mapeie quais palavras-chave são essenciais e prioritárias para o seu negócio, e comece por elas!

Por exemplo: escrevo este artigo baseado na palavra-chave atrair clientes. Se você prestar atenção, essa palavra chave está fazendo parte do artigo de diferentes maneiras. Legal, né?

3. Crie ou atualize um blog em seu site

“Lui… Blog é coisa que eu usava na adolescência no lugar de um diário pessoal. Para que vou ter um blog atrelado ao meu negócio?”

Boa pergunta. E simples. Por uma estratégia de longo prazo. Vejo um blog como um jardim, que precisa ser cultivado, cuidado, e ter a devida atenção. Afinal, se vimos no último item que mapear as palavras-chave é algo relevante, que tal escrever artigos/posts no seu blog sobre elas e utilizando elas?

A Estude Vendas começou com um blog, mesmo enquanto estava estruturando a consultoria. Isso é um exemplo comum em startups e demais ferramentas. De fato, eles estão “cultivando o jardim” desde o início, enquanto o resto vai acontecendo.

Portanto não caia no erro de achar que ter um blog voltado às principais palavras-chave de suas personas é perda de tempo. Da mesma forma, não pense que “algum dia você começará alimentar o seu blog”. O quanto antes começar, mais cedo você terá retorno de visitantes.

Leia também: Como prospectar novos clientes usando telefone e internet.

4. Use as mídias pagas como estratégia para atrair clientes

Enquanto o blog é uma estratégia de longo prazo, podemos também estratégias de curto prazo para atrair clientes. Assim, podemos usar as personas e palavras-chave (itens 1 e 2) em mídias pagas, como o Google Adwords, Facebook Ads, Instagram Ads, Linkedin Ads etc. No caso de mídias pagas, sugiro fortemente que você tire tempo, mas agora para estudar. Em primeiro lugar, estudar as diferenças entre elas, quais ou qual faria mais sentido para o seu modelo de negócio etc.

Por exemplo: se sou um ecommerce de calçados, dificilmente usarei o Linkedin Ads a meu favor. Por outro lado, o Google Adwords aliado ao Facebook Ads poderiam surtir muito mais efeito e gerar um retorno interessante. E por aí vai…

Ah! Lembrando que as “regras” das Mídias Pagas se atualizam e mudam constantemente! Por isso que profissionais que conseguem dominá-las são tão valorizados no mercado hoje em dia.

5. Converta visitantes em leads

Por fim, de nada adiantaria ter muitos visitantes em seu site, se não sabemos o nome e as informações dele. Portanto, tente entender as táticas de conversão existentes para que os visitantes transformem-se em contatos. Ou seja, aprenda a transformar visitantes em leads, que serão trabalhados via relacionamento ao longo do caminho. Por isso, afirmo uma frase: atrair não é tudo! A venda passa pela conversão de visitantes em leads, ok? Sempre.

Leia também: Prospecção de Clientes – como fazer na prática.

Conclusão

Em resumo, não tem segredo. Táticas de atração são cruciais para se diferenciar hoje em dia.

Quer aprender mais sobre como atrair clientes e converter leads com um material de qualidade e efetivo? Converse com um de nossos consultores o quanto antes!

Comece agora o Módulo Gratuito do Curso Prático de Prospecção Ativa da Estude Vendas!

Até a próxima!

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Está gostando do conteúdo? Talvez isso também te interesse:

curso prático de
prospecção ativa

Agende 20 reuniões por mês ligando para quem nunca ouviu falar da sua empresa